Mappa d'Italia

Mappa d'Italia - sicilia

Vamos conosco
nesta viagem pelas
regiões da Itália?

Já provamos Lazio, Toscana, Calábria e Vêneto. Nesta 5ª edição do evento o destino é a Sicília!

Ao sul da Itália, a ilha fica perto do “dedo da Bota”. Esta posição - entre Europa e África, Ocidente e Oriente - fez da Sicília cosmopolita desde a antiguidade.

E o intercâmbio ao longo dos séculos influenciou a cozinha siciliana. Ainda hoje provamos heranças dos gregos e romanos, dos árabes e judeus, dos franceses e espanhóis, das riquezas da América e, desde a unificação do país, também de outras regiões italianas.

Todos prontos?

Sicilia

Reconhecida como uma das mais completas e fascinantes regiões da Itália, a Sicília atrai quem busca por história, sabores, natureza agreste e pelo espírito único de sicilianità.

Templos gregos e mosaicos bizantinos resistem ainda hoje a forças selvagens de vulcões como o Etna, um dos mais altos e ativos da Europa.

Os mares Mediterrâneo, Tirreno e Jônico - que circundam a ilha - rendem praias convidativas e também peixes e frutos do mar para as cozinhas.

Mas são os vegetais que reinam na culinária siciliana, fazendo dela exemplo da dieta mediterrânea, classificada como Patrimônio Imaterial da Humanidade pela UNESCO, e símbolo do Slow Food.

Na Sicília crescem vegetais selvagens e os cultivados em uma terra desafiadora, mas que, combinada ao clima ameno, rende cítricos, ervas aromáticas, azeitonas e azeite, berinjelas, alcachofras e erva-doce, entre tantos outros.

Caponata

(ou capunata)

Um dos aperitivos símbolo da ilha. A receita varia entre províncias e a mais conhecida vem da capital, mas costuma incluir vegetais fritos - como a berinjela - em molho de tomates, cebola, azeitonas, alcaparras, vinagre e açúcar.

Vinho Marsala

(Marsala DOC)

Vinho fortificado - seco ou doce - foi criado no século XVIII, por um inglês, a partir de uvas Grillo, Inzolia, Catarratto e Dasmaschino. Sua produção é similar à do Jerez e o envelhecimento vai de um até mais de dez anos. É servido como aperitivo ou harmonizado com queijos fortes.

Pistache

(ou scornabeccu)

Chamado de “ouro verde” por seu alto valor comercial, o pistache de Bronte é também um produto de Denominação de Origem Protegida (DOP). É usado em embutidos, biscoitos, chocolates e até como “pesto”. Em setembro é tema de um festival na cidade.

Pasta alla Norma

(ou pasta câ Norma)

Aqui também a receita pode variar conforme o ponto da ilha. A tradição pede massa com tomates, berinjelas fritas, ricota salgada e manjericão. Rende até uma boa pizza. Dizem que seu nome é homenagem à ópera de Vincenzo Bellini.

Limão siciliano

(Limone di Siracusa IGP)

Os limões chegaram à ilha pelos árabes e foram propriamente cultivados por jesuítas. Muito férteis, têm também alto teor de suco e qualidade de óleos essenciais. Mais de 30% da produção italiana de limões vem daí, feita sem fungicidas e cera.

Calendário

Veja as próximas datas e regiões

  • Lazio

    12 a 24 de março

  • Toscana

    16 a 28 de abril

  • Calabria

    14 de maio a
    2 de junho

  • Veneto

    11 a 30 de junho

  • Sicilia

    13 de agosto a
    01 de setembro

  • Lombardia

    17 de setembro a
    06 de outubro

  • Friuli

    Settimana della Cucina
    Regionale Italiana

    22 a 27 de outubro

  • Puglia

    19 de novembro
    a 1 de dezembro

Cadastre-se e fique por dentro
dos próximos menus

#mappaditalia

Mappa d'Italia em Casa!

Você também pode pedir o Menu Sicilia pelo delivery! Também por R$ 136 e em 4 tempos.

Peça:

Por telefone (11) 4328-620
Pelo Ifood
Pelo Spoonrocket